Meditação do perdão! Já ouviu falar?

O perdão é como uma “arma” que “desarma” as nossas guerras interiores e liberta o prisioneiro que somos nós mesmos. A meditação abaixo foi extraída do meu livro Despedida de Casada. Dediquei um capítulo para este tema que considero fundamental para assumirmos o controle de nossa vida.

PRATICANDO A MEDITAÇÃO DO PERDÃO

  1. Vá para um lugar tranquilo, se puder coloque uma música suave e sente-se ou deite-se em um lugar confortável.
  2. Respire e inspire algumas vezes. Puxe o ar pelo nariz e solte pela boca. Quando inspirar, inspire autoestima, alegria, amor. Quando expirar, expire tudo que está sendo nocivo a sua vida.
  3. Projete uma grande tela mental, como se você estivesse de frente para uma tela de cinema, em que o filme é a sua vida.
  4. Entre no filme da sua vida. Imagine você e o seu ex se encontrando, de preferência em um lugar que traga boas lembranças ao casal.
  5. Converse normalmente com ele, como se estivesse conversando com o seu melhor amigo. Diga da sua tristeza, da sua decepção pelo rompimento e diga que o perdoa e que honra todos os anos que passaram juntos.
  6. Reconheça seus erros e também peça perdão a ele. Agradeça pelos momentos bons que vocês viveram. Se tiveram filhos, agradeça pelos filhos, por ele contribuir para você dar à luz um ser e se tornar mãe. Agradeça inclusive o que não deu certo, pois esses tropeços fizeram vocês crescerem. Honre a história que vocês construíram.
  7. Após essa conversa franca, amorosa, dê-lhe um abraço demorado e o libere. Diga para ele “eu sigo meu caminho e você segue o seu”. Despeça-se dele e o veja saindo e se afastando de você, depois siga seu caminho. E sempre que a raiva bater a sua porta diga mentalmente. “Eu honro a nossa história”.

 

07 agosto 2018 17:36

Compartilhar

Comentários